A festa mais globalizada

Pra resumir a festa ontem: vinho delicia e muito barato, muita dança, mas o ápice foi o meu amigo marroquino dançando Cheb Khaled em um estilo arabe, mexendo os quadris e com as mãos pra cima, o mais engraçadão é que todas nós fizemos uma roda em volta dele e ficamos dançando, ficou parecendo harem do Chaki!

Italiano dançando com chilena, uruguaio com italiana, e o momento indignante, foi quando nosso DJ venezuelano colocou uma musica brasileira e todos peditam p eu dançar. Eu falei que aquilo não era musica brasileira, e devido a insistencia dos meus colegas, fui olhar no Ipod que porra era aquela tocando: funk piriguetes.

Whatta fuck!

Anúncios

5 comentários em “A festa mais globalizada

  1. Sabe de uma coisa, lembro que alguém te sugeriu o blog para substituir um analista, não é? Quando encontrar esta pessoa, agradeça a ela por mim, porque decidi tentar e esta me ajudando pacas!!!!!!! Te amo mais aínda minha amiga gansa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s