O término

Estou eu de novo, em uma situação odiosa, penosa, desgastante: o término de um relacionamento.

Me apaixonei, lutei, acreditei, me desiludí.  Voltei a acreditar, lutei, persistí  e nunca deixei de amar.

Porém tive que me render a máxima que é: as pessoas não mudam. Eu mesma não acredito nisso, porque ao longo da minha vida eu mudei tanto!

Tive persistência e não posso vestir  a carapuça de uma pessoa que desiste fácil, eu tentei. Ahhhh como eu tentei. O meu desafio agora, é tentar terminar sem mágoas. Sem ter mais um ex que não olha na minha cara.

Me sinto ao mesmo tempo me soltando de uma camisa de força, e caindo em um vazio.

Anúncios

Um comentário em “O término

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s