A varinha de condão

Treinando, quando deixavamos a praia para iniciar uma corrida, chegou aquela moça. Era amiga do meu personal e naquela basica conversa de como está a familia, pai mae etc, ela falou que a irma estava com depressao.

Ele, a sensibilidade em pessoa, pergunta: – Por causa de homem po? É isso?

Ela começa a explicar que a irma nao consegue engravidar, e ele se despede e continua a falar que idiotice ter depressão por causa de um homem. Eu não tava com vontade de cortar a viagem dele e explicar que era outro problema  porque sabia que ia me divertir com a continuidade do raciocinio dele ( ele realmente ignorou a explicação dela ).

Ele continua a conversa:

-Poxa, depressão por causa de homem?

-Meu, pra mim homem é diversão, não depressão.

– Po, quer carinho arruma um cachorro, quer sexo compra um vibrador!

– Essa é a estória da minha vida!

– Po Roberta! Vc tem um vibrador?

– Eu tenho 2 e um cachorro pra afetividade.

– Eu tive uma época que eu era auto suficiente. Saia do banho com a tarefa cumprida. Transava com todas: Cicarelli, Winits tudo certo.

-É?

– Po, depois do sexo ficar abraçadinho nhenhennhem maior saco. Eu queria que meu pinto fosse uma varinha mágica pra depois do sexo transformar a mina em uma pizza gigante, uma coca de dois litros e um baseado.

E assim eu corri até a minha casa dando risada.

Anúncios

2 comentários em “A varinha de condão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s